Subir
Loading...
» Pepitas Bíblicas:
13.9.08

Jesus não ressuscitou no Domingo

Jesus Ressucitou no Sábado

 Se Jesus tivesse morrido na sexta-feira como dizem a maioria dos evangélicos (*), ele teria que ressuscitar somente na segunda-feira à tardinha para se completar os três dias e três noites profetizado por ele   mesmo em Mateus 12:39-40.

É comum entre a maioria dos cristãos aceitarem que Jesus morreu na sexta-feira, considerada a sexta-feira da paixão e que ressuscitou no domingo, considerado o domingo de páscoa. Podemos afirmar que isto é apenas uma tradição, mas não é a verdade absoluta.

Primeiramente, para compreendermos a complexidade deste assunto, temos que pesquisar a fundo os textos Bíblicos bem como entender a tradição Judaica da época. Para chegarmos a uma conclusão nítida do assunto. Temos que saber como os Judeus computavam os dias. De acordo com Génesis 1:5,8,13,19,23,31 a Bíblia diz que houve tarde e manhã o primeiro dia, tarde e manhã o segundo dia e assim sucessivamente até os nossos dias. Podemos entender nestes textos que houve 12 horas de noite e 12 horas de dia os primeiros dias da criação e assim até os dias de hoje.

Ilustrando através do gráfico a seguir a morte e ressurreição de Jesus Cristo

Gráfico: A Semana da Morte de Jesus Cristo

Gráfico: A Semana da Morte de Jesus Cristo

Dia   Evento

10   Jesus ensinava na sinagoga. Lucas 13:10

13   É o terceiro dia Ele encerrou seu ministério. Lucas 13:31-33

14   A noite Ele foi preso e julgado, Seu julgamento se estendeu a noite toda até as 9 horas do dia.
        João 19:14; Deuteronómio 16:1; João 13:30; 18:3,12,13,28-30;

15   Começava as festas dos pães asmos (o primeiro e o último dia eram sábados cerimoniais). Levíticos 23:6-8

17   Após 3 dias e 3 noites Jesus ressucita dentre os mortos. I Coríntios 15:3,4.

17   Ao pôr do sol (iniciando o domingo) Jesus já não estava mais no sepulcro. Mateus 28:1-6

21   Fim da semana dos pães asmos.

 

.: Autor : Graça Maior

 

* - Nosso Comentário: Os Evangélicos apenas adoptaram aquilo que a Igreja Católica há muito tinha feito, mudar o dia de descanso do Sábado para o Domingo, aquando da conversão de Constantino, subjugando-se ou convivendo bem com o poder político e o paganismo. Convém relembrar que Constantino era um pagão e por isso habituado a adorar o sol «Sunday» ao Domingo. A Igreja Católica e todas as outras que guardam o Domingo, escondem-se atrás da falácia da resurreição de Jesus ao Domingo, como motivo para a troca sabendo que a Lei de Deus é imutável, contrariando assim o 4º Mandamento ( verso 8-11).

 

.: Comente este artigo.

2 comentários:

Anónimo disse...

Quem disse que já sabe tudo?
É impressionante aquilo que as novas tecnologias nos proporcionam.
Já lá vai o tempo em que só tinhamos uma fonte de informações aquela que impigiam nas igrejas.
Este artigo é interessante como outros tantos que vcs aqui têm.
Obrigada - Cláudia

Anónimo disse...

Não é minha intenção contrariar o que aqui vejo, mas é estranho como convivemos com certas mentirinhas ou não, como disse não tenho conhecimentos de Bíblia, apenas ouvimos isso quase desde que nascemos.
É como o Sábado, nunca me tinha passado pela cabeça que a guarda do Sábado fosse importante.
Sou Católico talvez seja por isso, um ignorante bíblico. Um bem haja.
- ( P. Silva- LX )-

: Lista de Comentários :

: solidariedade :

The Breast Cancer Site